quarta-feira, 10 de dezembro de 2008

DIREITOS HUMANOS










Hoje é o dia internacional dos Direitos Humanos. Ninguém foi mais humanista do que ERNESTO GUEVARA DE LA SERNA, seu legado e seu amor pelo oprimido florescem em campos férteis por toda América Latina (Bolívia, Equador, Venezuela e Nicarágua).
Infelizmente a humanidade de CHE GUEVARA não contagiou nosso Brasil, que continua sendo um país incentivador dos assassinatos de crianças.




“É preciso matar sua coragem
até que reste apenas covardia.
É preciso matar o herói-miragem
até que reste apenas vilania.
É preciso matar sua beleza
até que reste apenas sua feiúra.
E até que reste apenas sua frieza
é preciso matar sua ternura.
É preciso matar sua piedade,
é preciso matar-lhe o aroma e a flor,
até que reste apenas crueldade,
Até que reste apenas seu fedor.
É preciso matar sua memória
até que reste apenas sua escória.”


(Pedro Galvão)

9 comentários:

Anônimo disse...

CARA VC SÓ PODE ESTAR DE SACANGEM.

GUEVARA HUMANISTA??? É UMA PIADA..SOMADOS TODOS OS MOVIMENTOS HUMANISTAS EM QUE O TAL HUMANISTA ESTEVE DÃO UM TOTAL DE 100 MIL MORTOS. FORA OS QUE SOFRERAM NOS CAMPOS DE CONCENTRAÇÃO POR ELE CRIADOS. ENFIM OU VC É LOUCO OU TÁ DE SACANAGEM.


ELE ERA TÃO HUMANISTA QUE O PRÓPRIO FIDEL CASTRO DEU UM JEITO DE ISOLÁ-LO.... MAIS ISSO É OUTRA HISTÓRIA.

Anônimo disse...

VOCÊ É REALMENTE DESSE PLANETA ?


CHE GUEVARA HUMANISTA? ESTOU ROLANDO DE RIR NESSE EXATO MOMENTO.

Anônimo disse...

CORRO NESSE EXATO MOMENTO PARA OS LVROS DE HISTÓRIA E BUSCO SINCERAMENTE O LADO HUMANISTA DE GUEVARA.

TALVEZ TENHA FICADO NAS PLANTAÇÕES DA FAMÍLA DE CLASSE MÉDIA QUE ELE PERTENCIA NA ARGENTINA.


CADA UM DEFENDE O QUE QUER. MAIS CHAMAR UM LOUCO QUE FOI ESPONSÁVEL POR MILHARESD E MORTES TANTO DE FORMA DIRETA COMO INDIRETA É PURA FALTA DE NOÇÃO DA HISTÓRIA.

Anônimo disse...

Gosto muito do CHE mas amo o Gandhi.

"O futuro dependerá daquilo que fazemos no presente."

Vamos fazer a diferença hoje!

resistência disse...

É impressionante como o senso comum domina a mente desses leitores da revista “Veja” e telespectadores do “Fantástico”.
O caminho da luta armada foi o mais doloroso escolhido por CHE; isso não tem nada haver com o seu amor pelo próximo. Pior do que não implantar a luta armada é morre como cordeiros, como acontece com milhares de brasileiro todos os anos.
Vocês não sabem nada da História; muito menos de Che guevara!

resistência disse...

A própria máxima de Che Guevara já expressa seu pensamento: “TENHO QUE ENDURECER, MAS NÃO POSSO PERDER A TERNURA JAMAIS”.
Para os que não entenderam: ele quis dizer que era necessário fazer a guerra revolucionária e matar os algozes do povo, como o agricultor arranca asa ervas daninhas da terra para que germine uma nova sociedade. Contudo, nunca perder o amor pelo povo.

Madonna disse...

Credo, Cláudio, que mente torta, deturpada e distorcida você tem. Não tem nada a ver com a revista veja, mas o Che, pela Folha, pelo Estadão, pelo Globo, pela Isto é, Época e toda a grande imprensa, não passa de um GRANDE ASASSINO, grande mesmo, que tinha prazer, PRAZER em matar!
Ah, você acha, como o Lulla, que a grande imprensa é golpista, tendenciosa, e outros epítetos da esquerda, consulte os doutores em História Contemporânea da USP, UNICAMP, FGV, da UERJ, da UFRJ, todas faculdades consideradas "de esquerda", todos são unânimes em afirmar que CHE matou muita gente, não contribuiu para a liberdade do povo de nenhum país. Virou mito porque a humnidade, com o passar dos anos, vem emburrecendo, ao fim de uma era de guerras, líderes rapinantes e outros mais.

Anônimo disse...

Agora vc tbém está aprovando os comentários? Não aguentou as respostas às obsolescências que escreve? Fica difícil publicar argumentos diferentes daquilo que pensa, não é? Deixar os outros verem...

resistência disse...

Madonna aconselho a você ler: Caros Amigos, Piauí e blogs de esquerda. A mídia gorda defende os interesses do capitalismo, e Che Guevara é um dos seus maiores inimigos. O Capitalismo sim, é o maior e mais reverenciado genocida de toda a história da humanidade.
Quanto ás universidades brasileiras, elas não são exemplo de entidades que podemos nos orgulhar. Você deveria ler o que Darcy Ribeiro pensava sobre nossas universidades.
E desculpe-me minha sinceridade, mas, você é uma pessoa direcionada pelo senso comum